Sou Ricardo Dourado, e quero te contar um pouco da minha história:

Chega uma hora que a vida da gente passa um filme daqueles que o mundo tá quase acabando. Pelo menos é assim que a gente pensa. Adolescência, todo mundo já passou ou vai passar por isso. Perto de acabar a escola temos que prestar ENEM e entrar numa faculdade. Por que fomos ensinados assim. Na época eu escolhi um curso da área da saúde pois tinha que fazer alguma coisa. Escolhi nutrição por que tinha um motivo nobre. Queria cuidar do meu pai que na época tinha uma doença crônica. Eu passei? Não! Cuidei do meu pai? Sim! Não apostei todas as minhas fichas num único número. Passei para Bacharelado em Administração em uma faculdade particular e me formei em 2017. A faculdade foi inteiramente paga pelos meus pais mas eu não poderia viver na aba deles pra sempre. Então como o curso era noturno eu tinha o horário comercial para trabalhar. Jovem conseguir emprego sem experiência nenhuma é fácil né? 

Até que eu consegui algumas coisinhas mas não posso chamar de emprego. Meu primeira tentativa em emprego foi numa loja de roupas. Eu ia tirar as férias de uma das vendedoras. Acabou que a vendedora não tirou as férias e eu fiquei lá só uma semana mas aprendi a mexer em máquina de cartão de crédito. Por duas vezes eu trabalhei com distribuição de panfletos nas ruas. A primeira vez foi para uma rede de clínica odontológicas e a segunda vez foi para um Pólo EAD. Nenhum desses empregos foi de carteira assinada. Minha carteira de trabalho nunca foi assinada.

Até que eu entrei no mercado de venda direta. Fui revendedor de uma marca de cosméticos renomada. Passei um ano trabalhando com essa marca. Mudei de marca. 

Na faculdade eu conheci uma disciplina que chamava Administração Financeira. Um dia na aula a professora nos mostrou um simulador de aplicações financeiras. Fiquei maravilhado com aquela ferramenta e chegando em casa pesquisei mais sobre o assunto. Pesquisando no Youtube encontrei o canal “Me poupe!” da Nathalia Arcuri. Conhecer a história dela mudou a minha vida. Seguindo várias das dicas dela transformaram a minha vida. Uma das coisas que ela fala é que devemos ter uma renda extra. Pesquisando formas de renda extra acabei conhecendo o marketing de afiliados. Resolvi entrar nesse ramo para transformar a vida das pessoas como a minha foi transformada.  

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.