6.EQUILÍBRIO FINANCEIRO 

“Desde o começo, nossa economia, lá em Cajazeiras, já era grande. E, de onde se bota e não tira, o resultado é muito bom. Quando há exagero de despesa, se gasta o que não pode, se gasta tudo que ganha, aí não sai da dificuldade. Quando se usa só 80% do que ganha, já pode dar certo, mas 60% é melhor. Se gastar só 40%, aí você fica muito bem. Se gasta só 20%, fica rico nem que não queira. Com economia, você consegue se adaptar a mudanças, estar pronto para o que vem pela frente. A gente não pode pensar que o dia a dia vai ser sempre do mesmo jeito. Se a política muda, tudo mu

7. INVESTIMENTO EM MARKETING E PROPAGANDA 

“Quando eu comecei, só tinha um jeep – isso quando eu já estava bem. Era com esse jeep que eu fazia toda a publicidade. Eu dirigia o carro usava um microfone, e eu mesmo falava e distribuía brindes. Era uma forma muito econômica de publicidade, mas que dava retorno. A gente estava sempre inventando esse tipo de coisa porque havia poucos meios de comunicação. Os artistas lançavam seu compacto de 78 rotações e vinham fazer o show aqui. Aí cobravam barato, porque queriam mesmo era divulgar. Nós fazíamos um chamamento público e era uma folia muito grande. Trouxemos Nelson Gonçalves, Ângela Maria, Luiz Gonzaga… muita gente boa. Havia filiais nossas que já tinham um palanque na frente, para facilitar. Sempre demos importância para a publicidade, especialmente no aniversário do Paraíba, que hoje é nossa segunda maior data de vendas [perde apenas para o Natal]. Isso é resultado da força da publicidade”. 

8.INTUIÇÃO E PLANEJAMENTO 

“Tudo na empresa, durante os primeiros anos, foi feito com base na intuição, mas também tem que saber planejar. No meu caso, não estudei. Por isso que eu digo até que é possível vencer na vida sem ter muito estudo, dependendo da disposição e coragem de trabalho. Mas hoje existem técnicas que não podem ser ignoradas e, por isso, é preciso ter estudo. Estamos na era da perfeição, quando queremos um serviço, procuramos o melhor: o melhor fotógrafo, o melhor jornalista, o melhor médico, o melhor advogado. A gente tem que marchar para a perfeição, então tem que estudar”. 

9.ACOMPANHAR DE PERTO 

“Para ser a melhor, para ser perfeito como tem que ser, o dono tem que estar lá, perto, e fazer de tudo. Ele é exemplo para os funcionários. Então, se ele é empolgado, se trabalha, se tem dedicação, ele passa isso para quem trabalha para ele”. 

 10.NÃO ARRISCAR DEMAIS 

“Tudo tem que ser na medida. Se você arrisca muito, não tem controle. Arriscar pode dar certo, mas pode não dar. Por isso, é importante ter cautela. Quando a gente soube que o Maranhão era promissor, eu viajei para lá em abril, conheci o local antes, e só em julho, colocamos a loja. Era preciso ver antes. Ter excesso de confiança, de coragem, pode resultar em erro. É necessário ter um pouco de timidez, mas também na medida. Com tudo isso, você está pronto para receber as coisas boas, mas também para enfrentar as dificuldades”.

Sobre o Autor

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.